Categorias

Resenhas

Resenha sobre o livro Extraordinário

31/03/2020 - Taíla Quadros
#Extraordinário #filme #Julia Roberts #livro #resenha

Sobre a obra:

Sinopse:

 

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular em Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apenas da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

 

R.J.Palacio criou uma história edificante, repleta de amor e esperança, em que um grupo de pessoas luta para espalhar compaixão, aceitação e gentileza. Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade – um impacto forte, comovente e , sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.

 

Para espalhar a mensagem de Extraordinário, Palacio iniciou uma campanha antibullying, da qual milhares de crianças já participaram.

 

“Uma história rara, com o poder de abrir nossos olhos – e o coração – para que é ser diferente por algo que está além do seu controle, enquanto tudo o que você quer é ser mais um na multidão” Publishers Weekly

 

“Uma história memorável de gentileza, coragem e maravilhamento” Kirkus Reviews

Best-seller da Veja

 

 

 

Minhas impressões:

 

Extraordinariamente lindo, extraordinariamente emocionante, extraordinariamente tocante.

 

Se você já leu o livro ou assistiu ao filme Extraordinário você sabe do que eu estou falando.

 

Se você ainda não teve oportunidade de conhecer essa obra, já adianto, vale cada minuto investido.

 

Se fosse mais uma daquelas histórias de superação que já nos deixam em prantos, seria ok, mas Extraordinário não tem esse nome à toa.

 

No livro podemos acompanhar a história de Auggie de diferentes ângulos além do seu, irmã, namorado da irmã, amigos e amigas. Isso torna a história extremamente enriquecedora. Cada pessoa teve uma vivência diferente com August e teve a sua vida afetada de uma forma pela presença do garoto.

 

Então, somos apresentados à realidade do garoto que, desde sempre, esteve em função de médicos e cirurgias devido à uma rara condição. Ele é extremamente inteligente, mas devido à sua aparência por ter passado por tantas intervenções e a algumas limitações o impedem de ter uma vida considerada normal.

 

Quando ele chega em uma certa idade, é decido que já é hora de ele frequentar uma escola regular, já que até então vem tendo aulas em casa com sua mãe.

 

Toda a história passa a girar em torno da adaptação de Auggie na escola. E como todos sabemos, crianças podem ser bem cruéis com quem é diferente. E aí começam os autos e baixos para o personagem e para nós. A surpresa das crianças ao conhecerem ele, os falsos amigos, os que tentam se encaixar e por isso não se aproximam, um sem fim de situações que mexem com o nosso coração.

 

Ler sobre a visão de quem convive com o Auggie é um plus nessa lição de vida que te surpreende a cada página. Primeiro a gente se colocar no lugar do August e vê o quanto a barra é pesada e tentamos imaginar como nos sairíamos passando só por um pouquinho do que o personagem passa.

 

Toda a história tem mais de uma versão

 

Depois vemos como a família tem a sua rotina alterada e como a vinda de uma pessoa especial é sempre cheia de amor e de superação. Na sequência vemos os amigos, uns que reagiram mal à chegada de August e outros que viram a bondade logo de cara.

 

A lição do livro é muito linda e reconfortante, nos faz entender o quanto temos que ver além das aparências e da popularidade. Muitas vezes pensamos que esse é um assunto de criança, mas pela atual situação da nossa sociedade, vemos que muita gente deixou essa lição lá no jardim de infância ou nem mesmo aprendeu sobre isso.

 

Mais do que nunca precisamos de amor e compreensão em todas as nossas relações e Extraordinário veio para aquecer nossos corações e nos dar uma surra de lição sobre empatia.

 

Leia, se emocione e depois comenta aqui o que tu achou.

 

A versão para o cinema ficou muito lindinha

 

Sobre a autora:

 

R. J. Palacio mora em Nova York com o marido, os dois filhos e dois cachorros. Por mais de vinte anos foi diretora de arte e designer gráfica, trabalhando nos livros de outras pessoas enquanto esperava o momento certo para começar o próprio romance. Sua estreia na literatura foi com Extraordinário, uma comovente história que deu origem a 365 dias extraordinários, Auggie & eu e Diário Extraordinário.

 

Extraordinário - R. J. Palacio - 320 páginas - Editora Intrínseca

Quer ficar por dentro de todas as resenhas do Prateleira? Clica aqui e se cadastra. 

comentários
talvez você também goste
Publicidade
Facebook
Mais Lidos