Categorias

Resenhas

As Crônicas de Nárnia - Resenha

05/06/2018 - Taíla Quadros
#Editora Martins Fontes #fantasia #filme #livro #opinião #resenha

Um livro para crianças, sim. Mas muito gostosinho de ler para conservar a nossa inocência da juventude.

 

SINOPSE: Viagens ao fim do mundo, criaturas fantásticas e batalhas épicas entre o bem e o mal - o que mais um leitor poderia querer de um livro? O livro que tem tudo isso é ''O leão, a feiticeira e o guarda-roupa'', escrito em 1949 por Clive Staples Lewis. Mas Lewis não parou por aí. Seis outros livros vieram depois e, juntos, ficaram conhecidos como ''As crônicas de Nárnia''. Nos últimos cinquenta anos, ''As crônicas de Nárnia'' transcenderam o gênero da fantasia para se tornar parte do cânone da literatura clássica. Cada um dos sete livros é uma obra-prima, atraindo o leitor para um mundo em que a magia encontra a realidade, e o resultado é um mundo ficcional que tem fascinado gerações. Esta edição apresenta todas as sete crônicas integralmente, num único volume. Os livros são apresentados de acordo com a ordem de preferência de Lewis, cada capítulo com uma ilustração do artista original, Pauline Baynes. Enganosamente simples e direta, ''As crônicas de Nárnia'' continuam cativando os leitores com aventuras, personagens e fatos que falam a pessoas de todas as idades.

 

Eu conheci As Crônicas de Nárnia com o lançamento do filme O leão, a feiticeira e o guarda-roupa (2015). Gostei bastante na época e alguns anos depois fui descobrir que o filme era baseado em uma série de livros. Composto por sete histórias, as crônicas de Nárnia seguem essa sequência cronológica: O Sobrinho do Mago; O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa; O Cavalo e seu Menino; Príncipe Caspian; A Viagem do Peregrino da Alvorada; A Cadeira de Prata e

A Última Batalha. As histórias foram lançadas entre 1949 e 1954 e foram adaptadas para mais de 41 idiomas. Calcule...

 

Eu comprei o volume único, então pude ler a história na sequência, que é diferente da forma que os filmes são apresentados. E aí vai uma curiosidade para quem apenas assistiu aos filmes, que são baseados nas histórias de O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa; Príncipe Caspian e A Viagem do Peregrino da Alvorada: as crianças que conhecemos não aparecem em todas as histórias.

 

Nárnia é um reino em um local paralelo e diferentes crianças em diferentes tempos tiveram acesso a ele. Inclusive antes das crianças do primeiro filme. Esse foi o que mais me surpreendeu ao ler essas histórias. Havia imaginado que seria uma saga como Harry Potter, sempre com os mesmos personagens até o final, e não. Algumas histórias se passam com os protagonistas que conhecemos (Pedro, Susana, Edmundo e Lúcia), mas outras temos crianças diferentes vivendo as aventuras, inclusive a passagem de tempo é diferente em Nárnia e em algumas das histórias tudo está muito diferente do ponto anterior e vamos acompanhando o crescimento das crianças do nosso mundo também.

 

A saga tem a sua cronologia, mas cada história tem o seu início meio e fim. Então, se quiser ir lendo aos pouquinhos, pode também. Vou deixar para você a sinopse de cada uma das partes (by google) para quem ficou interessado e não quer esperar para ver se vão fazer todos os filme ou não.

 

Vou abrir meu coração, eu gostei muito das histórias, mesmo tento um tom mais lúdico, porém se preparem para o desfecho de tudo e depois venham conversar comigo, pois eu estou precisando...

 

O Sobrinho do Mago

Este romance narra os acontecimentos nos primórdios de Nárnia. Através de anéis mágicos fabricados por tio André, Digory Kirke e Polly Plummer viajam até Charn, um mundo muito antigo e acabam por libertar a feiticeira branca: Jadis. Depois de muitos acontecimentos, eles chegam a um mundo que estava sendo criado por Aslam: Nárnia. O livro relata a origem do guarda-roupa e de como ele foi parar no nosso mundo.

 

O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa

Pedro, Susana, Edmundo e Lúcia Pevensie, através de um antigo e misterioso guarda-roupa, chegam ao mundo de Nárnia, um exuberante país que enfrenta um terrível e prolongado inverno, imposto pela falsa rainha do país, Jadis (a Feiticeira Branca). Com a ajuda do grande e poderoso leão Aslam, os irmãos Pevensie devem derrotar a feiticeira e trazer a paz de volta à Nárnia.

 

O Cavalo e seu Menino

Narra a história do cavalo falante Bri e do garoto Shasta, ambos detidos em cativeiro na Calormânia. Durante a fuga, estes descobrem que a Calormânia pretende invadir Nárnia através da Arquelândia. Agora eles devem impedir que este ataque ocorra; para isto, passarão por incríveis aventuras, junto de Aravis e Huin.

 

Príncipe Caspian

Narra o retorno dos irmãos Pevensie à Nárnia, onde se passaram 1300 anos, enquanto no nosso mundo se passou apenas um. Nesse tempo, os telmarinos  invadiram Nárnia, desmataram bosques e assassinaram criaturas. Os Pevensie conhecem Caspian X, um bondoso príncipe telmarino e deverão derrotar o falso rei de Nárnia, Miraz (tio de Caspian), o atual comandante dos massacres.

 

A Viagem do Peregrino da Alvorada

Nesta história, apenas Edmundo e Lúcia retornam à Nárnia, além do seu incômodo e emburrado primo Eustáquio Mísero. Juntos de Caspian X (já como rei de Nárnia) e do rato Ripchip, eles viajam a bordo do navio Peregrino da Alvorada, pois devem encontrar os sete fidalgos banidos por Miraz. Eles enfrentarão diversos perigos e aventuras em inúmeras ilhas.

 

A Cadeira de Prata

Nesta aventura, apenas Eustáquio e sua amiga de escola, Jill Pole, vão à Nárnia; estando lá, eles devem encontrar o Príncipe Rilian, o filho desaparecido do rei Caspian X. Com os conselhos de Aslam, Eustáquio e Jill devem percorrer Nárnia em busca de Rilian e descobrem que o príncipe foi sequestrado e hipnotizado pela Feiticeira Verde, que planeja, através do próprio Rilian, tomar Nárnia.

 

A Última Batalha

Depois que a Calormânia, juntamente como seu líder Tash, invadem Nárnia, ocorre uma grande e violenta guerra. Aslam, então, decreta o fim de Nárnia, fazendo as estrelas descerem do céu, o sol se apagar, e inundando todo o resto. Todos os humanos e criaturas boas e fiéis a Aslam, vão para o paraíso conhecido como País de Aslam.

Já viu todos?

 

As Crônicas de Nárnia - C. S. Lewis - 751 páginas - Editora Martins Fontes

Quer ficar por dentro de todas as resenhas do Prateleira? Clica aqui e se cadastra. 

comentários
talvez você também goste
Publicidade
Facebook
Mais Lidos