Categorias

Resenhas

E se o destino soprar - Resenha

13/09/2016 - Taíla Quadros
#E se o destino soprar #livro #Novo Século #parceria #resenha #romance #Se o destino soprar

O Prateleira tem mais uma parceria com autor!!! Êêêêê!!!!!

 

No caso, uma autora! :DDD A Cláudia Hackbart é natural de Pelotas e atualmente mora em Caxias do Sul, tudo aqui no Rio Grande do Sul. É formada no Magistério, em Pedagogia e pós-graduada em Psicopedagogia clínica e escolar. É muito bom poder conhecer o trabalho de uma autora que mora aqui tão pertinho de mim. <3

 

E não é verdade?

 

Recebi o primeiro livro lançado da autora Se o destino soprar. Deem uma lida na sinopse:

Quem nunca se questionou “e se?”, questionará. Quem nunca sentiu o Destino soprar, sentirá. Há dias que passam como qualquer outro, todavia, existirão aqueles que mudarão tudo... ou quase tudo! Baseado na história da vida de Lovinha, “E se” o Destino soprar?, é o relato da autora sobre suas experiências sobre o Destino, Acaso e Coincidências. Precisou aprender a lidar com os obstáculos da vida, mas, ao invés de se colocar no papel de vítima, preferiu se tornar uma heroína na sua própria história. Envolvente, emocionante e comovente, a trama nos leva a acreditar numa força maior, capaz de abrir ou fechar portas. Sua vida toma rumos surpreendentes e incontroláveis, em que o inexplicável sempre acontece. A reflexão sobre suas decisões é uma constante: E se tivesse feito outras escolhas? Há mesmo males que vêm para o bem? E será que existem coincidências? Que poder têm os contratempos sobre o rumo de nossas vidas? É uma busca por respostas. Mostra as suas relações familiares, de amizade e, ao mesmo tempo, sua história com Encantado: um amor feito imã, que às vezes, sucumbia ao Acaso. Seria esse amor capaz de superar o tempo e driblar o Acaso? A fé e a esperança dizem que sim, mas não foi sempre assim. Uma história encantadora e diferente, marcada por imprevistos e que revela várias surpresas. Só não é um conto de fadas porque é uma história real. "E se?"

 

Bom gente, o que posso dizer para vocês é que encontrei alguém mais romântica e persistente do que eu. Sério. O livro conta a história de amor da autora com o seu príncipe encantado. A história deles é muito bacana mesmo. Esses tais de encontros e desencontros que a gente vê muito em novela sabe. Mas foram alguns anos nessa função de vai e volta que tem que ter amor mesmo para segurar a barra. Eu já teria me irritado no segundo desencontro. Ainda mais com alguns dos joguinhos de ciúme e mentirinhas que rolaram no caminho. Até porque, nem tudo são rosas, né. Mas talvez essa diferença entre nós duas justifique porque ela está com o seu príncipe e estou criando gatos, não é verdade?

 

Quem sabe aonde quer chegar, sabe quando chegou. ;)

 

O livro conta também em meio ao amor, a história dos pais de Cláudia e dos seus amigos mais próximos, parece que estamos ouvindo uma amiga contar uma história. A leitura é em fluida e nos faz pensar em muitas coisas. São muitos casos de superação e muitas peças que o destino prega na gente ao longo da vida, né? Com certeza vocês vão se identificar com algumas situações. 

 

O tempo sempre faz parte da solução...

 

A história se passa toda em cidades gaúchas, então eu já conhecia os lugares e para mim as explicações e descrições ficaram um pouco óbvias, mas acredito que justamente pelo fato de serem lugares que eu conheço bem, nunca tinha lido um livro que se passasse tão próximo de mim. :)

 

A cada capítulo uma nova frase nos leva mais longe nos pensamentos.

 

O jeito é confiar...

 

Fica a dica para quem quer ler uma história real e cheia de amor.

 

Quer saber mais? Acesse o blog da autora, clicando aqui. http://lovinhabart.blogspot.com.br

E se o destino soprar - Cláudia Hackbart - 443 páginas  - Editora Novo Século

Quer ficar por dentro de todas as resenhas do Prateleira? Clique aqui e se cadastre. 

comentários
talvez você também goste
Publicidade
Facebook
Mais Lidos