Categorias

Resenhas

Livro - Chegaram os Americanos - Resenha

07/08/2018 - Taíla Quadros
#literatura brasileira #livro #opinião #resenha

Sinopse

Em 1944, em plena Segunda Guerra Mundial, dentro da Política da Boa Vizinhança, esteve em Porto Alegre o americano Gregg Toland, diretor de fotografia de 'No tempo das Diligências' e 'A Longa Viagem de Volta'. Mas, principalmente, Toland é o cinegrafista de 'Cidadão Kane', quando inventou a 'profundidade de campo' no cinema. Paulo Ribeiro, neste romance-reportagem, leva Gregg Toland para Bom Jesus, interior do Rio Grande, ciceroneado pelo jornalista Justino Martins, então editor da Revista do Globo e cunhado de Erico Veríssimo. Lá, irão conviver com o efervescente caldo de cultura formado pelo nazismo, o fascismo e o integralismo.

 

Minhas impressões

 

Ler autores locais sempre nos ajuda a conhecer melhor o lugar onde vivemos e aprendemos a ver com outros olhos o povo e os costumes. Mais um autor da nossa região marcando presença neste blog maroto.

 

O livro Chegaram os Americanos do autor Paulo Ribeiro, fala da vinda de do cinegrafista americano Gregg Toland ao Brasil, mas especificamente, sobre uma suposta ida a cidade de Bom Jesus. Outros nomes famosos da indústria cultural são citados em diferentes situações com os cidadãos da cidade.

 

Em meio a isso, são narrados acontecimentos na época da Segunda Guerra Mundial em diferentes países e diferentes contextos. Falando sobre isso, a obra é toda escrita em fragmentos, sem ligações diretas, com se fossem cenas editadas ou recortes de jornais, narrando diálogos avulsos e sem conexão um com o outro.

 

Gosto muito de livros com temas relacionados à história, porém admito que tive bastante dificuldade para ler esta obra, principalmente por essa forma de apresentação ser situar tempo, datas, sem transições. Assim como os capítulos são fragmentados, a leitura ficou assim para mim e não tive aquela sensação de continuidade e de jornada na leitura. Onde vemos uma história ser construída.

O livro passa uma ideia de que estamos assistindo esquetes ou fragmentos dos acontecimentos, o que me manteve distante dos personagens e dificultou a construção de empatia ou aproximação emocional deles.

 

Achei uma forma de escrita interessante e sempre é bom explorar o diferente. Tanto na construção de um trabalho, quando na absorção dele. Para mim não funcionou muito, mas valeu a experiência. :)

 

Sobre o autor

 

Paulo Ribeiro cursou jornalismo na Faculdade dos Meios de Comunicação Social (Famecos), da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC - RS). Fez Mestrado em Letras, área de Literatura Brasileira, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Defendeu sua tese de Doutorado Que forças derrubaram o ciclista? Relações entre a expressão literária e a expressão pictórica em Iberê Camargo, sob a orientação do professor Luiz Antônio de Assis Brasil na PUC – RS. Em sua trajetória profissional, trabalhou em jornais e rádios e foi professor do curso de Jornalismo da Universidade de Caxias do Sul e também como cronista do Jornal Pioneiro.

Fonte: Wikipédia

 

Você já leu a obra? O que achou? Deixe a sua opinião nos comentários.

 

Chegaram os Americanos - Paulo Ribeiro - 116 páginas - Editora Modelo de Nuvem\

Quer ficar por dentro de todas as resenhas do Prateleira? Clique aqui e se cadastre. 

comentários
talvez você também goste
Publicidade
Facebook
Mais Lidos