Categorias

Resenhas

Resenha sobre o livro Perdidos na Tradução

13/04/2020 - Taíla Quadros
#Editora Belas Letras #filmes #livro #Perdidos na Tradução #resenha

Sobre a obra:

Sinopse:

 

Um título de filme mal traduzido tem o poder de amaldiçoar um perfeito romance e de provocar gargalhadas em um típico dramalhão. Não é preciso muita intimidade com a língua inglesa para perceber que as traduções para o português de muitos títulos do cinema americano não são nem um pouco fieis ou coerentes com os originais. Este livro é uma seleção de pérolas divertidamente comentadas pelo professor e tradutor Iuri Abreu. Aqui você vai perceber que, com a ajuda de um tradutor metido a poeta, todo filme pode virar uma comédia.

 

Minhas impressões:

 

Se você entende um pouquinho de inglês, já deve ter se deparado com algum título de filme traduzido para o português que não faz o menor sentido. Você sabe porque isso acontece? Não parece tão difícil assim fazer a tradução do título, já que se traduz o filme inteiro para se escrever as legendas, não é mesmo?

 

Bom, o que o autor de Perdidos na tradução, Iuri Abreu nos explica em sua obra é que os títulos dos filmes fazem parte das peças de marketing das obras cinematográficas e passam mais pelo departamento de publicidade responsável pela divulgação dos filmes do que pelos tradutores. Ou seja, muitas vezes vamos ficar bem longe da tradução literal para ficar mais perto do que vende mais. Dito isso, o autor nos presenteia com um livro dividido em 5 categorias de títulos para explicar a origem de cada um, são eles:

 

1. A maldição do subtítulo, com os melhores subtítulos, ou não.

2. Poesia pura, traduções que vão muito além do título e viram pura poesia.

3. Liberdade total, aqui, o céu é o limite, e cada título pode nos levar a lugares inimagináveis.

4. Fiéis ao original, aqueles que o povo gosta e que vão direto ao assunto.

5. Entregando o jogo, um pouquinho da história e, com sorte, nenhum spoiler.

 

Cada uma dessas partes traz títulos de filmes de diferentes épocas e com certeza vão te surpreender ou, no mínimo, te fazer rir. O autor tem uma linguagem simples e divertida, e cada explicação vale muito a pena, inclusive faz até a gente mudar de ideia sobre alguns filmes que ainda não assistiu. Se isso é bom ou não, vai depender do seu julgamento. :P

 

Para quem quer saber um pouquinho mais, em Perdidos na tradução você vai poder ler sobre obras como Blade Runner, Alien, O Poderoso Chefão, até Debi & Loide e os Irmãos Cara de Pau. Tem filme para todos os gostos e muito conhecimento para quem quer saber um pouquinho mais sobre cinema e a língua inglesa.

 

Você conhece a obra? Qual o título você achou mais estranho? Comenta no final do post.

 

Sobre o autor:

 

Bacharel em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Mestre em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina, com uma dissertação sobre as três traduções existentes de Dom Casmurro para o inglês. Tradutor há 13 anos, trabalha como freelancer para editoras e agências de tradução do Brasil e dos Estados Unidos. Atualmente mora em Vancouver, Canadá.

 

Perdidos na tradução - Iuri Abreu - 288 páginas - Editora Belas Letras

Quer ficar por dentro de todas as resenhas do Prateleira? Clica aqui e se cadastra. 

comentários
talvez você também goste
Publicidade
Facebook
Mais Lidos