Categorias

Crônicas

A pessoa mais especial

24/08/2017 - Taíla Quadros
#amor #crônica #quinta-feira #reflexão #texto #texto da semana #texto de quinta
A pessoa mais especial

Hoje eu vim falar sobre o amor-próprio. A lição de casa é passar a se enxergar, não só o que você vê no espelho, mas o que está por dentro. Ver e ouvir a si mesmo, o seu coração. Você merece atenção, sim. Você deve ser a sua maior prioridade, o seu bem-estar e a sua saúde mental devem estar acima de qualquer louça a ser lavada ou casa a ser varrida. A sua casa espiritual deve estar em ordem para que o resto todo flua. O que os outros dizem sobre você não deve soar mais alto em sua alma do que o que você pensa verdadeiramente. A sua voz interna deve ser ouvida e a sua intuição não deve ser negligenciada.

 

Você se ama lá do fundo do seu coração? Você se trata como trata/trataria o amor da sua vida? Você se dá todo o carinho que sonha em receber? Pois então, aqui vai uma notícia, a gente consegue dar de nós somente o que a gente tem. No mundo material não é assim? Então, porque com os sentimentos seria diferente?

 

Como você acha que vai ser amado se nem mesmo você se ama? Que vazio é esse que é tão difícil de preencher e você acha que precisa de outra pessoa para completar? Será que você não está subestimando o seu poder interior? Por que dar tanto poder para os outros sobre a sua vida e ficar totalmente à mercê?

 

Tente listar todos os motivos que fazem de você uma pessoa que não merece ser amada, que não merece o amor de ninguém. Cruel, né? Se fazer isso já te deixou um pouco mal, acredito que haja um pouco de amor-próprio nesse seu coração. Agora, se a lista de coisas horríveis sobre você é extensa, tente pensar assim, você diria ou pensaria tudo isso de outra pessoa? Não? Por quê? É tão ruim assim? Então, por que fazer isso consigo mesmo? Você não merece uma trégua, um descanso, um abraço?

 

Vai lá! Faça isso mesmo! Se abrace, se mime, se cuide. Faça uma lista resposta, com todas as coisas em você que são amáveis, tudo aquilo que você sempre quis que todo mundo visse, mas sempre ficou escondidinho bem lá no fundo.

 

Eu, por exemplo, descobri o quanto sou cuidadosa e preocupada com quem amo, que não tenho nojinhos para cuidar dos meus enfermos e que consigo sim acordar de madrugada para acudir um chorinho de quem precisa de mim. Descobri isso em relacionamentos anteriores e cuidando da minha gatinha. Vi o tanto de amor que transbordou de mim e que canalizo apenas para os outros. Sou compreensiva, tolerante e companheira. Não exijo luxos e quero muito ver quem eu amo crescer. Agora, por que eu nunca acreditei tanto assim no meu próprio potencial? Por que enxergo apenas nos outros o talento, o dom, o destaque? Por que acabo me escondendo e ficando sempre nos bastidores quando o que eu mais quero é bilhar também? Será que devo ficar esperado um outro alguém vir me impulsionar ou posso por mim mesma ser a motivação? Não fiz isso com quem amei? Por que eu estou fora dessa lista? Eu deveria ser a primeira da minha preferência e não ficar com as minhas próprias migalhas, de tempo, de cuidado, de energia.

 

Pense nisso. Você merece sim o melhor do outro, mas, principalmente, você merece o melhor de si mesmo. Se dê o seu melhor sorriso, a sua melhor receita, o seu melhor perfume, a sua melhor massagem. Quando você deixa de fazer algo porque: ah sou só eu, não vou fazer isso só para mim. Pense: como assim SÓ? Você não é SÓ, você é tudo o que você tem de mais precioso e merece toda a sua dedicação. Se precisar de ajuda para enxergar o quanto você é maravilhoso, eu estou aqui para te ajudar, mas lembre-se você é quem melhor conhece o serzinho que vive no seu corpo e deve ser o seu melhor amigo. Você é o melhor lugar onde poderia estar e a melhor companhia que poderia ter.

 

Se ame. Você merece. E, se precisar, pode contar comigo. :)

comentários
talvez você também goste
Publicidade
Facebook
Mais Lidos