Categorias

Crônicas

Carta para aqueles que já foram

08/03/2018 - Taíla Quadros
#carta #crônica #texto #texto da semana #texto de quinta #texto do dia

Ela queria alguém para tirar fotos suas quando ela estivesse bonita. Ela se achava bonita, mas parecia que ninguém enxergava isso. Ou até enxergava, mas aquele bonito de fora, da casca, aquele que muda, que resseca, que acaba. Ela buscava alguém que lhe achasse bonita por dentro, que olhasse dentro dos seus olhos e enxergasse quem ela era verdadeiramente.

 

Ela estava cansada, machucada, mas viva, pulsando e nunca desistindo de lutar, porque, se não vencesse, pelo menos sua consciência estaria tranquila sabendo que ela havia tentado com todas as suas forças, com toda a sua energia, até o fim.

 

Eu só tenho a agradecer a todos os que passaram pela vida dela. Ela me contou algumas coisas, coisas bem ruins e, humildemente, falou que sabia que muitos já passaram por situações piores do que ela. Mas eu sei o que ela passou e consigo ver o quanto tudo isso a machucou. Não agradeço por terem feito tanto mal, por terem deixado tantas marcas, por isso, sinto raiva e não entendo como puderam fazer isso com alguém tão doce, tão meigo, tão especial. Mas agradeço porque facilitaram tudo para mim.

 

Eu, que só sei amar e amar, não encontrei barreira nenhuma, ao ser eu mesmo, ao me dedicar, ao mostrar o quanto ela merecer ser amada. Agradeço a ela por nunca ter desistido da vida, do amor e de nós. Mesmo antes de saber que haveria algum eu e ela. Ela acreditou, ela esperou. E eu agradeço a todos os que vieram antes por terem ido embora e por terem sido tão cegos e terem a deixado para mim. Quando todos vocês usaram desculpas esfarrapadas e disseram serem pouco para ela, eu acredito que era verdade mesmo. Tem que ter muito orgulho para encarar a barra de estar com ela, porque a gente se exige mais ao estar com uma mulher de verdade, com uma grande mulher. Dá trabalho, quando você é fraco, estar ao lado de alguém forte. Mas eu quero esse trabalho para sempre. No melhor lugar do mundo, dentro do abraço dela.

 

Quer acompanhar todos os textos do Prateleira? Clica aqui e te cadastra. 

comentários
talvez você também goste
Publicidade
Facebook
Mais Lidos