Categorias

Crônicas

Seja a felicidade possível

08/02/2018 - Taíla Quadros
#crônica #texto #texto da semana #texto de quinta #texto do dia #texto próprio

Ninguém quer sofrer por amor, ninguém que ficar esperando por alguém que nunca vai vir ou por alguém que nunca vai voltar. A gente quer o final feliz, o mundo cor de rosa (mesmo sabendo que ele não existe), a gente quer a realidade do dia a dia, a disponibilidade para conversar, o tempo para ficar junto. De novela mexicana o mundo está cheio, de brigas, estamos cansados.

 

Viemos ao mundo pelo amor e é por ele que vivemos, por isso queremos a linha de chegada, ir juntos até ela, queremos o colo que acolhe e o abraço que aconchega no final do dia. Amor bom é o que funciona, o que acontece, não aquele que a gente romantiza e que faz a gente perder tempo, vida e saúde mental esperando, imaginando e fantasiando.

 

Venha para ser, chegue para acontecer. O mundo já tem gente sofrendo demais e tem coisas ruins demais. Seja a diferença, seja a presença, seja o possível. Vamos ser o hoje, o “tô aqui no portão”, o “partiu? Foi.” É isso que anima, isso que move a gente. Sonhar é bom, mas você já experimentou viver? É melhor ainda.

 

Seja um manifesto à felicidade, à plenitude e a tudo o que te faz feliz. Vamos ser mais responsáveis com nossos sentimentos e com os dos outros. Agregar com a realidade, arriscar juntos pelo que acreditamos e nos libertar das prisões que nós mesmos nos colocamos.

 

Vamos ser soma, união, carinho e amor. Ser o hoje e a certeza, porque o amanhã não nos pertence e o talvez não nos leva a lugar nenhum.

 

Quer acompanhar todos os textos do Prateleira? Clica aqui e te cadastra. 

comentários
talvez você também goste
Publicidade
Facebook
Mais Lidos