Categorias

Resenhas

Resenha sobre o livro A Lenda de Ruff Ghanor - Volume 3

04/08/2020 - Taíla Quadros
#Leonel Caldela #literatura brasileira #nerdbooks #resenha #rpg #Ruff Ghanor #triologia

Sobre a obra:

 

Sinopse:

 

O PREÇO DE UMA COROA É SANGUE, MORTE E RUÍNA.

 

O Rei Ruff Ghanor I governa uma nova nação próspera, triunfante e orgulhosa. Mas os erros do passado podem colocar tudo a perder. Ruff deixou para trás aliados e inimigos poderosos. Korin se ergue sob um novo estandarte, em busca de um novo sonho. Áxia tem novos aliados, novos fantoches, novos estratagemas.

 

O mundo volta os olhos ao reino surgido da queda de um tirano. A igreja julga o governante que se diz santo. Um rei supremo exige que Ruff se ajoelhe. E, acima de todos, os deuses colocam virtude e pecado na balança, observando pelos olhos de um anjo traído e decidindo se podem perdoar seus filhos desgarrados. Ruff Ghanor deseja salvar o mundo, mas pode acabar por condená-lo. Deseja criar a paz, mas estará envolvido na maior das guerras. Criado para a destruição, ele tenta seguir o caminho de bondade que aprendeu com os mortais.

 

Em meio a chacina, intrigas e maldições, haverá espaço para o melhor amigo do homem?

 

Minhas impressões:

 

Ai ai, o fim de uma triologia, a resolução de todos os problemas e as respostas para todos os nossos questionamentos... Será?

 

Faz tempo que comprei o terceiro livro da saga de Ruff Ghanor (a minha obra veio autografada pelo Azaghal, é o que dizem...), mas em virtude da minha grande fila de leituras, acabou demorando um pouco para eu me aventurar nas mais de seiscentas páginas que compõem a obra.

 

 

Sou fã declarada do site Jovem Nerd e acompanho muitos de seus projetos. Os Nerdcasts (podcasts) de RPG estão entre os meus favoritos e sempre temos muitos materiais interessantes lançados a partir dessas aventuras. A lenda de Ruff Ghanor surgiu a partir de um desses Nerdcasts da RPG. Há tempos estava ansiosa para a resolução dessa história e olha, George Martin que se cuide, pois o escritor Leonel Caldela está fazendo um excelente trabalho. O que dá ainda mais vontade de ler outras obras do autor.

 

No momento eu só tive contato com a escrita dele nos livros da Nerdbooks (a editora do Jovem Nerd), com os outros dois livros da série A lenda de Ruff Ghanor - Volume 1 e A lenda de Ruff Ghanor - Volume 2, também li o Ozob. Para ler as resenhas, é só clicar nos títulos das obras.Para quem leu e relembrou as resenhas anteriores ou já leu os livros anteriores também, a história é retomada alguns meses depois da grande revelação que tivemos no final do livro 2 e com a atitudes que Ruff tomou após tudo isso.

 

Boa parte do livro é sobre Ruff lidando com as consequências de seus atos e as tentativas de realizar a missão hercúlea de tornar o mundo um lugar verde e bom (só se não tiver mais ninguém por aqui, na minha humilde opinião), mas como nosso herói acredita que a humanidade pode ser melhor (melhor sim, perfeita não, querido Ruff) ele continua tentando. Ainda não sei se os fins justificam os meios da forma como Ruff está tentando resolver tudo, contudo seguimos acompanhando. E, como sempre, os demônios do passado não deixam de perseguir Ruff, além de novos personagens surgirem.

 

Somos apresentados a uma lutadora praticamente vinda de uma nação de bárbaros que tem uma participação muito especial em toda a obra e a um povo que tem a morte como deusa maior. Seguimos os passos de Korin e seu novo recomeço, com mais personagens novos desse lado da história também, o que trouxe muitos momentos especiais.

 

Nada melhor do que um mapa para não se perder, não é?

 

Foi muito boa a renovada que o Caldela deu na obra com novos núcleos que enriqueceram ainda mais a história principal, assim Ruff não se desgasta tanto e a gente continua torcendo por todos. Em um momento achei que estava lendo O Senhor dos Anéis de tanta side quests (as famosas missões secundárias) que apareciam. Porém todas eram muito boas e fizeram com que a leitura corresse bem rápida. Rápida, porém nada tranquila, muitas emoções, muitas dores, bons trocadilhos com famosos nomes do metal e um fim bem diferente do que eu esperava.

 

Como é bom ser surpreendida e não conseguir adivinhar o final de uma história, faz você querer ler mais e mais e querer mais um livro, inclusive. #ficaadica hein, Leonel.

 

Você já conhece a triologia? O que achou? Conta para mim nos comentários.

 

Sobre o autor:

 

Leonel Caldela sempre quis escrever. Começou sua carreira publicando, pela Editora Jambô, a Triologia da Tormenta, série de fantasia medieval composta por O inimigo do mundo, O crânio e o corvo e O terceiro deus, todos passados em Tormenta, o cenário de RPG mais jogado do Brasil. Também pela Jambô, escreveu O caçador de apóstolos e Deus Máquina, romances de fantasia medieval em universo próprio que lhe valeram a alcunha de “o Bernard Cornwell brasileiro”. Em 2013, lançou o romance O código élfico, pela Fantasy/Casa da Palavra, selo da editora LeYa, um livro de aventura e terror moderno. O romance apresenta elfos como cultistas de uma deusa profana e rendeu alguns pesadelos aos editores.

 

Em 2014, Leonel começou uma parceria com o site Jovem Nerd e a editora Nerdbooks, com a série A lenda de Ruff Ghanor e o romance Ozob: Protocolo Molotov, seu primeiro trabalho no gênero ficção científica. A partir de 2016, tornou-se o mestre dos Nerdcasts de RPG, narrando histórias de terror para o grupo mais insano dos podcasts do Brasil. Leonel sabe que escrever é o melhor trabalho do mundo, mas também se dedica a jogar RPG, estudar alemão, treinar boxe e escutar punk rock. Depois de um período vivendo na Alemanha, hoje em dia mora em Porto Alegre com sua esposa e um esquadrão de gatos ninjas.

 

A Lenda de Ruff Ghanor - Volume 3 - Leonel Caldela - 640 páginas - Editora Nerd Books

Quer ficar por dentro de todas as resenhas do Prateleira? Clica aqui e te cadastra. 

comentários
talvez você também goste
Publicidade
Facebook
Mais Lidos