Categorias

Resenhas

Resenha sobre o livro Um Amor para Recordar

23/03/2020 - Taíla Quadros
#filme #livro #Nicholas Sparks #resenha #romance #Um amor para recordar

Resenha sobre o livro Um Amor para Recordar

 

Sobre a obra:

 

Sinopse:

 

“Aos 17 anos, a vida de Landon Carter muda para sempre. Largado pela namorada e sem companhia para o baile da escola, ele está desesperado para dar a volta por cima. Como as garotas que lhe interessam já têm par, sua única opção é alguém impensável: Jamie Sullivan, a filha do pastor da igreja que frequenta.

 

Para Landon e seus amigos, Jamie é muito esquisita. Anda sempre com as mesmas roupas, não usa maquiagem, vive com o cabelo preso e carrega a Bíblia surrada para todos os lados. A vida dela gira em torno do pai viúvo, do resgate de animais feridos e do seu trabalho como voluntária num orfanato.

 

Nenhum garoto jamais a chamou para sair - até Landon fazer o convite. A menina aceita com uma condição: ele não pode se apaixonar por ela. A princípio, parece uma tarefa fácil, mas o garoto se pega passando cada vez mais tempo com Jamie, e uma transformação pessoal começa a acontecer.

 

Com ela, Landon aprenderá sobre as profundezas do coração humano e tomará uma decisão extraordinária que o conduzirá à jornada do amadurecimento.”.

 

Minhas impressões:

 

Um livro lançado em 1999, que se ambienta no ano de 1958, mas que até hoje faz muita gente se lavar de tanto chorar. Isso define muito bem o livro Um Amor para Recordar.

 

Conheci a obra quando estava na escola e vi na casa de uma amiga, vou admitir para vocês que, na pré-adolescência, não era a minha vibe e estava na fase de Harry Potter (não que ela tenha passado, mas né). Mas no caso eu conheci o filme e não sabia que era um livro, tive identificação zero com a história e nem lembrava muito bem do que acontecia.

 

Tempos depois, logo após conhecer os livros de Nicholas Sparks, através do Diário de uma Paixão, fui buscando todos os livros e filmes relacionados às obras do autor, até que cheguei novamente em Um Amor para Recordar. Assisti ao filme de novo, agora sim, seguindo o protocolo de chorar horrores com as histórias do Sparks e somente há poucos meses comprei (ganhei, na verdade) o livro para ver se a história era fiel mesmo.

 

E, bom, como todo o bom leitor já está acostumado, a história tem várias alterações entre filme e livro, muitas principalmente para se adaptar a uma mídia diferente da original.

 

Achei o livro muito mais fofinho e tocante do que o filme, principalmente, porque no filme Landon é bem mais bad boy e metido a malvadão, sendo que no livro, sua única rebeldia e ir ao cemitério da cidade com os amigos. Profanar corpos? Não, comer amendoim.

 

A Jamie do livro talvez tenha hobbies menos interessantes do que a do filme, mas ambas são religiosas, inteligentes e especiais. Para quem ainda não assistiu ou não fez a relação, a atriz que interpreta a Jamie no filme é a Mandy Moore, a Rebecca de This is Us. Então rolou um carinho em ver a atriz assim novinha.

 

Filme com mais de 15 anos não tem spoiler, né?

 

Me comovi mais lendo o livro do que assistindo ao filme, para variar, e sigo sempre recomendando as obras, mas o filme é fofucho e você vai chorar também.

 

Sobre o autor:

 

Nicholas Sparks é um dos contadores de histórias mais amados do mundo. Todos os seus livros foram best-sellers do New York Times, com mais de 105 milhões de cópias vendidas em todo o mundo, em mais de 50 idiomas, incluindo mais de 75 milhões de cópias somente nos Estados Unidos.

 

Sparks escreveu uma de suas histórias mais conhecidas, O Diário de uma Paixão, durante um período de seis meses aos 28 anos. Foi publicada em 1996 e seguiu com os romances Uma Carta de Amor (1998), Um amor para recordar (1999), O Resgate (2000), Uma Curva na Estrada (2001), Noites de Tormenta (2002), O Guardião (2003), O Casamento (2003), O Milagre (2005) e sua sequência, À Primeira Vista (2005), Querido John (2006), A Escolha (2007), Um Homem de Sorte (2008), A Última Música (2009), Um Porto Seguro (2010), O Melhor de Mim (2011), Uma longa jornada (2013), No Seu Olhar (2015) e Dois a dois (2016), bem como o livro de memórias de não-ficção de 2004 Três Semanas com o meu Irmão, co-escrito com seu irmão Micah. Seu vigésimo romance, Almas Gêmeas, foi publicado em 16 de outubro de 2018.

 

Adaptações cinematográficas dos romances de Nicholas Sparks, incluindo A Escolha, Uma Longa Jornada, O Melhor de Mim, Um Porto Seguro (em todos os quais ele atuou como produtor), Um Homem de Sorte, Uma Carta de Amor, Um Amor para Recordar, Diário de uma Paixão, Noites de Tormenta, Querido John e A Última Música, tiveram um faturamento acumulado mundial de mais de três quartos de bilhão de dólares.

 

Um Amor para Recordar - Nicholas Sparks - 140 páginas - Editora Arqueiro

Quer ficar por dentro de todas as resenhas do Prateleira? Clica aqui e se cadastra. 

comentários
talvez você também goste
Publicidade
Facebook
Mais Lidos